RADIO MM

FUTEBOL ENTRETENIMENTO E  MUSICAS DE  SUCESSO

Vasco periga

E novamente a história se repete: O Vasco está ameaçado de rebaixamento. Muda diretoria e a sina continua. Na derrota para o Grêmio Martin Silva engoliu um frangaço mudando o resultado da partida, fazendo o time de São Januário perder. Aliás não é a primeira vez. No Uruguai goleiro deve ser uma raridade, senão ele não seria de seleção. Cada jogo agora é decisivo.

Começou a Super Liga Feminina

Com muitas estrangeiras começou a Super Liga feminina, comemorando 25 anos da competição. Sou contra essa legião de jogadoras de fora na nosso maior torneio, porque tira a oportunidade de novas jogadoras surgirem. Ao invés de se permitir duas jogadoras por equipe, uma só seria o ideal. Já não estamos mais no topo internacional, por culpa de uma renovação que não está acontecendo como deveria. Talvez a presença dessas atletas de fora seja o principal motivo. Com a palavra José Roberto Guimarães, técnico de nossa seleção.

Eleições no Flamengo

Nesse final de ano, dia 8 de dezembro, teremos eleição no Flamengo. De um lado a situação com Ricardo Lomba,  e do outro Rodolfo Landim pela oposição. Na realidade o que vai se julgar e a administração de Eduardo Bandeira de Melo, que teve como mérito principal foi colocar as finanças rubro negra em dia, mais no futebol não ganhou nada relevante. Se eu tivesse direito a voto, votaria na situação. O clube era uma bagunça e agora está organizado, podendo ser em pouco tempo uma potência mundial, estrutura pra isso tem. Vamos aguardar e ver o que a nação vai querer.

Ainda não definiu

O novo governador eleito do Rio Wilson Witzel ainda não definiu seu homem forte no esporte do estado. Vários programas estaduais esperam essa definição para que planejamentos sejam feitos, baseado no perfil do escolhido. Tomara que seja alguém do ramo e não uma indicação política, como aconteceu em Nova Iguaçu, quando um paraquedista galgou o cargo, enlameando uma história tão bonita como é a do esporte iguçuano. Por falar nisso Luis Martins, Daniel Martins e os outros deputados e asseclas presos na operação lava jato, tiveram suas prisões de provisória para definitivas decretadas, sem prazo para deixar a cadeia. Como eu disse tomara que apodreçam lá.