RADIO MM

FUTEBOL ENTRETENIMENTO E  MUSICAS DE  SUCESSO

Vitória de campeão

A vitória contra o Fortaleza mostra que o Flamengo está jogando como campeão. Mesmo desfalcado, o nível do futebol foi o mesmo. A presença de Ranier, negado a seleção foi fundamental, sendo dele o gol da vitória quase no apagar das luzes. O pensamento de todos está voltado para a final da Libertadores, mais o Brasileirão não está sendo colocado de lado. Assim Jorge Jesus implanta cada vez mais o seu método, até agora, repleto de êxito.

Um grande treinador

É consenso que a grande fase vivida atualmente pelo Vasco tem o dedo de Vanderlei Luxemburgo. Campeão muitas vezes de várias competições, não precisa provar nada a ninguém, e, sua carreira vitoriosa. Mais uma coisa também é certa: o seu sucesso só chega quando ele é somente treinador. Quando se mete em outras áreas aí é um desastre. Nessa empreitada no Vasco ele só está cuidando da equipe, sem se meter em mais nada, por isso está dando certo.

Flamengo 1

Numa exibição espetacular, o Flamengo passou pelo Grêmio vencendo o tricolor gaucho por 5 x 0, numa exibição de gala, carimbando sua passagem para o dia 23 de novembro decidir a Copa Libertadores das Américas no Estádio Nacional de Santiago, no Chile, depois de trinta e cinco anos. Apresentando um futebol mágico, acima de qualquer expectativa, essa classificação coroa um projeto que tem na chegada de Jorge Jesus para o comando da equipe, o ponto máximo.

Flamengo 2

Depois de uma verdadeira reformulação financeira, onde dívidas foram equacionadas, foi se montando um projeto para trazer de volta a grandeza de uma equipe, que tem a maior torcida do país, e, por conseguinte a maior possibilidade financeira de arrecadação, e isso foi colocado em prática para que se pudesse contratar jogadores do nível que chegaram. Hoje o elenco e estelar, mais sem a engenharia iniciada pelo Presidente Eduardo Bandeira de Melo, um economista do BNDS, uma verdadeira revolução, nada disso teria sido possível.
    

Brincadeira

Trouxeram de volta ao Botafogo um perdedor que estava nas ultimas posições do campeonato. Alberto Valentim, dessa nova geração é o mais fraco. O Título estadual conquistado no Botafogo foi fruto de contingências, que hoje não existem mais. De lá pra cá, o seu nível caiu, não sendo em hipótese nenhuma de primeira divisão. Pobre Botafogo, agora tem que rezar para não cair, já que não pode contar com o novo treinador, que repito, não está à altura da grandeza do Fogão.

Perdeu a primeira

Contra o Atlético Paranaense foi à primeira derrota do Fluminense sob o comando de Marcão. Vai ser assim até o final, perde ganha,  e tomara que termine com final feliz. Um detalhe: foi só o Ganso voltar é o Fluminense perder. Seu estilo de jogo ultrapassado não ajuda em nada ao time, e com isso um time tão vencedor agora tem como objetivo principal não cair. Mais do que nunca temos que rezar.

Flamengo 3

Hoje no campo o time está a anos luz dos demais. Com uma dezena de pontos na frente do segundo colocado no Brasileirão, está sobrado técnica e taticamente, não tendo adversário hoje a altura, e sendo questão de tempo a conquista do título brasileiro. Jogadores que não rendiam antes agora voam, como é o caso de Rodrigo Caio, que de reserva no São Paulo galgou até a seleção brasileira. Isso mostra que definitivamente o gigante acordou.


Flamengo 4

Não é só no campo que as coisas mudaram. Nos bastidores também. Arrascaeta recém operado do joelho, num prazo recorde, teve condições de jogo, fruto de um trabalho médico e fisioterápico exemplar, executado por profissionais altamente capacitados, usando recursos de primeiro mundo, a disposição de uma estrutura de excelência. Muitas das vezes resultados são conquistados fora do campo.