RADIO MM

FUTEBOL ENTRETENIMENTO E  MUSICAS DE  SUCESSO

Tropeço do Flamengo

A derrota para o Grêmio, pra mim foi acidente de trabalho pro Mengão, que vive uma grande fase é vai melhorar com a provável chegada de Diego Alves, goleiro muito acima dos que estão na Gávea. Geuvâneo estreou discreto mais também e um grande jogador. Estamos na décima quarta rodada e ainda tem muita água pra passar debaixo da ponte, e o Flamengo e dos cariocas o que melhor pode chegar ao título.

O futebol perdeu

 Os acontecimentos que presenciamos em São Januário nos leva a pensar o quanto o futebol pode ser cruel. É claro que o esporte faz parte do mundo em que vivemos, mais atualmente dá mais tristeza do que alegrias. Jogadores acuado no campo, briga generalizada nas arquibancadas, enfretamento com a polícia, e o Presidente do Clube se eximindo de responsabilidade, aliás coisa que rotineiramente faz. Fala-se em perda de 25 mando de campo e são Januário já está interditado. No campo a equipe vai bem, e a vitória sobre o Vitória mostra isso. Se a política deixasse o Vasco iria surpreender na primeira.

A Garotada tem limite

Abel é reconhecidamente capaz de lançar novos jogadores. No Fluminense com um elenco limitado, vem recorrendo as divisões de base com freqüência. Na derrota para o Botafogo ficou provado que isso tem limite. Sem Henrique Dourado na frente o time ficou previsível com as jogadas de velocidade da garotada sem poder de finalização. Para complicar Wellington Silva está de saída assim como o assédio a Léo e Wendel são muito forte. Tirar água de pedra tem sido a rotina de Abelão e assim o Flusão vai vivendo. Brigar pelo título nem pensar.
Foto Abel.

Botafogo na boa

A vitória sobre o Nacional do Uruguai foi sensacional. Não pelo placar, mais pelas circunstâncias. Jogando fora de casa à primeira no mata mata o empate já seria um bom resultado, já que traria a decisão na segunda partida em casa. Mais ter a vantagem apoiado pela torcida foi sensacional, e com certeza a nação alvinegra vai lotar o Engenhão em agosto. Jair Ventura tem um dilema na mão: Jeferson maior salário da equipe, craque de seleção, voltando de um longo tempo de lesão até agora não tem a mínima condição de voltar à titularidade da equipe, já que Gatito Fernandes está em uma forma espetacular, não dando brecha. É o tipo de problema que todo técnico gostaria de ter.